Marcos Pereira assina Resoluções Camex que aprovam duas medidas de defesa comercial para importações brasileiras da China

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Marcos Pereira assina Resoluções Camex que aprovam duas medidas de defesa comercial para importações brasileiras da China

Mensagem  Admin em Qui Jul 21, 2016 5:07 pm

Foram publicadas hoje, no Diário Oficial da União, duas medidas de defesa comercial para importações brasileiras de produtos chineses. As Resoluções Camex que aplicam direitos antidumping foram assinados ontem pelo ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, após a reunião do Grupo Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex). O dumping é uma prática desleal de comércio que acontece quando uma empresa exporta seu produto a preços inferiores aos praticados no mercado de origem.

A Resolução Camex nº 65 aplica direito antidumping  por um prazo de até cinco anos às importações brasileiras originárias da China de tubos de aço carbono não ligado com a seguinte descrição técnica: sem costura, de seção circular, com diâmetro externo não superior a 374 mm.  

Os tubos de aço são usados em diversos setores da indústria, para condução e armazenamento de fluidos, caldeiraria, fabricação mecânica de peças e no segmento automotivo, e também em usinas de açúcar e álcool, no setor de mineração, de construção civil, de máquinas agrícolas, automotivo, entre outros. O produto está classificado nos códigos 7304.31.10, 7304.31.90, 7304.39.10, 7304.39.20 e 7304.39.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM). O direito antidumping será aplicado por alíquota específica, nos montantes abaixo especificados:

Origem Produtor/Exportador Direito Antidumping (US$/t)
China Yangzhou Lontrin Steel Tube Co., Ltd 1.009,29

Hangzhou Zhedong Steel Tube Products Co., Ltd.

Hubei Xinyegang Steel Co. Ltd.

Wuxi Jiangnan High Precision Cold-Drawn Pipe Co., Ltd.
1.356,90
Empresas chinesas identificadas no Anexo e não constantes deste quadro. 1.356,90
Demais 1.356,90



Magnésio em pó

Além disso, a  Resolução Camex nº 66, também publicada hoje,  prorroga por até cinco anos, o direito antidumping para as importações brasileiras de magnésio em pó (com o mínimo de 90% de magnésio e 10% máximo de cal) originárias da China (NCMs 8104.30.00 e 8104.90.00). O magnésio em pó é utilizado principalmente na indústria siderúrgica, no processo de dessulfuração do ferro gusa, para  fabricação do aço. Além disso, o magnésio em pó é insumo para fabricação de produtos químicos, fogos de artifício, munições e eletrodos de solda. O antidumping será recolhido por alíquota específica, de acordo com o valor abaixo:

Origem Produtor/Exportador Direito Antidumping Definitivo
China Todos 0,99 US$/kg

Fonte.: MDIC

Admin
Admin

Mensagens : 657
Data de inscrição : 28/01/2008

Ver perfil do usuário http://cursosnainternet.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum